Newsletter

Cadastre-se e receba nossos boletins informativos



UNFPA e Secretaria Nacional de Juventude discutem ações para jovens brasileiros

Tamanho da letra:

A equipe do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) se encontrou na quarta-feira (8) com o Secretário Nacional de Juventude, Assis Filho, para reforçar a parceria em projetos visando a promoção e efetivação dos direitos da população jovem do Brasil.

Entre as ações discutidas na reunião está o resgate do Plano Juventude Viva. O projeto visa reduzir a vulnerabilidade de jovens negros às situações de violência física e simbólica. Assis Filho relata que o plano é extremamente importante para jovens negros, uma vez que há uma dívida histórica da sociedade brasileira com a população negra que deve ser saldada. “Precisamos reconhecer os problemas e buscar parceria para solucioná-los. O combate à violência e a promoção da autonomia da juventude negra é uma parte fundamental destes esforços”.

Os temas discutidos vão ao encontro daqueles abordados no Mapa da Violência de 2016, a ser lançado em 15 de fevereiro. O foco do relatório são os homicídios por armas de fogo no Brasil, que afetam principalmente homens jovens negros, mas que também têm aumentado entre as mulheres jovens. 

Em 2015, a Organização das Nações Unidas declararam o período de 2015 a 2024 como a Década Internacional de Afrodescendentes. Durante os próximos anos, ações contra a discriminação racial e de implementação de políticas públicas para essa população serão reforçadas e estreitamente coordenadas com aquelas relacionadas à consecução da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável.

As ações incluem o lançamento de uma campanha da ONU de combate à violência letal contra jovens negros nos próximos meses. 

O UNFPA e a Secretaria Nacional de Juventude coordenam o Grupo Assessor Interagencial sobre Juventude, que busca estabelecer um espaço de diálogo entre o governo, a sociedade civil e as Nações Unidas no Brasil. Anna Cunha, responsável do UNFPA pela área de adolescências e juventudes ressaltou, durante a reunião, a importância da participação de jovens nas tomadas de decisões em espaços multilaterais, fazendo referência aos eventos recentes realizados no âmbito do Conselho Económico e Social das Nações Unidas - ECOSOC. Jaime Nadal, representante do UNFPA no Brasil, comentou que o Fundo de População visa projetar as políticas de juventude brasileiras no cenário internacional: “as experiências brasileiras permitem nortear temas relacionados à juventude no sul global”.

A equipe do UNFPA que participou da reunião foi composta por Jaime Nadal, representante; Yves Sassenrath, representante adjunto; Fernanda Lopes, representante auxiliar; e Anna Cunha, oficial de programa. Participou também Rafael Braga, chefe de gabinete e coordenador de assuntos internacionais da Secretaria Nacional de Juventude.

Reunião SNJ

Por Jorge Salhani

banner zica lateral

teste pequeno

banner programa de pais

banner materiais iniciativas

reducao