Newsletter

Cadastre-se e receba nossos boletins informativos



Fundo de População da ONU realiza nova chamada para Indústria de Insumos em Saúde Sexual e Reprodutiva

Tamanho da letra:

Interessados em submeter produtos para avaliação por comitê internacional podem se inscrever até 15 de novembro, por meio eletrônico


Estão abertas as inscrições para que indústrias de Insumos em Saúde Sexual e Reprodutiva manifestem interesse em receber avaliação de seus produtos. O interesse deve ser manifestado por meio de envio de dossiê, por meio eletrônico, até o dia 15 de novembro.

Dessa vez, a chamada é para fornecedores de contraceptivos hormonais injetáveis (acetato de medroxiprogesterona + cipronato de estradiol, injeção 25 mg + 5 mg). Os interessados podem submeter os dossiês até o meio-dia (horário de Brasília) do dia 15 de novembro de 2017, (quarta-feira), pelo link https://www.ungm.org/Public/Notice/62601.

Durante o processo, o Fundo de População da ONU apoiará o WHO Expert Review Painel ERP/RHM na revisão dos dossiês de produtos submetidos pelos fabricantes de produto acabado que ainda não estão pré-qualificados pela OMS ou autorizados por autoridades reguladoras. Também irá realizar uma análise de risco de qualidade, associada ao uso desses produtos. O Painel fornecerá pareceres ao Secretariado para auxiliar a tomada de decisões com base nas aquisições.

Participação brasileira

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), em parceria com Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), tem realizado uma série de ações para incentivar a inserção da indústria farmacêutica nacional no catálogo do Programa Global de Insumos em Saúde Sexual e Reprodutiva. Desde o início de 2017, estão sendo realizados workshops, visitas às indústrias do país, além de consultorias de pré-qualificação para orientar os fornecedores a respeito dos principais passos para o processo de pré-qualificação.

Para o UNFPA Brasil, o processo de pré-qualificação de insumos de saúde sexual e reprodutiva fabricados na América Latina possui uma importância estratégica: atualmente, a região é uma das maiores clientes do Programa da ONU. Ao mesmo tempo, dos 214 fornecedores de insumos SSR qualificados pela OMS, apenas quatro estão na América Latina e Caribe.

banner zica lateral

teste pequeno

banner programa de pais

banner materiais iniciativas

reducao