Newsletter

Cadastre-se e receba nossos boletins informativos



Cabos e soldados do Exército brasileiro participam de capacitação em Roraima

Tamanho da letra:

Oficina realizada pelo UNFPA Brasil em Boa Vista conta com parceria de ACNUR e Unicef e tem como objetivo a sensibilização sobre a proteção contra a exploração e abuso sexual em contextos de fluxo migratório e deslocamento forçado

treinamento exercito rr
Cerca de 170 cabos e soldados do Exército brasileiro participam de treinamento nesta quarta, 6, em Boa Vista (RR) (Foto: UNFPA Brasil / Divulgação)

 

Cerca de 170 cabos e soldados do Exército brasileiro participam nesta quarta-feira, 6, de oficina em Boa Vista (RR) sobre proteção contra exploração e abuso sexual no contexto do fluxo migratório misto e deslocamento forçado. Promovida pelo UNFPA em parceria com ACNUR e Unicef, a atividade é destinada a oficiais que estão trabalhando na Operação Acolhida e na ação humanitária dentro dos abrigos na cidade de Boa Vista e Pacaraima.

O objetivo é sensibilizar os soldados e cabos que atuam no contexto de fluxo migratório venezuelano sobre a importância da participação de cada um na Proteção da Exploração e Abuso sexual. Entre os principais tópicos abordados estão o conceito de violência sexual e tráfico de pessoas – como identificar, estudos de caso e mitos e verdades acerca da temática. Os princípios e diretrizes das Nações Unidas diante de casos ou evidências, assim como os princípios e diretrizes do Exército, também estão sendo trabalhados.

A capacitação acontece durante todo o dia no auditório da 1ª Brigada de Infantaria de Selva / Brigada Lobo D’Almada, na capital. Esta é a segunda edição deste tipo de treinamento. Em maio, esta mesma atividade capacitou 25 generais e majores do Exército que coordenaram a Operação Acolhida e ação humanitária dentro dos abrigos.

 

banner zica lateral

teste pequeno

banner programa de pais

banner materiais iniciativas

reducao