Newsletter

Cadastre-se e receba nossos boletins informativos



Iniciativa “Juventudes: mais direitos, mais saúde, mais conquistas”

Tamanho da letra:

logo juventude site

Visando o pleno desenvolvimento das capacidades de jovens e adolescentes e a efetivação de seus direitos, incluindo o direito à saúde e à saúde sexual e reprodutiva, o Ministério da Saúde, a Secretaria Nacional de Juventude da Secretaria-Geral da Presidência da República e o Fundo de População das Nações Unidas – UNFPA lançaram em 2013 no Brasil a iniciativa conjunta “Juventudes: mais direitos, mais saúde, mais conquistas”. A iniciativa busca ampliar e fortalecer as capacidades do setor público em atuar e dialogar com outros setores e com as lideranças juvenis para formular, implementar, monitorar e avaliar políticas, programas e ações voltadas para proteger, promover e efetivar o direito à saúde integral e de qualidade para adolescentes e jovens, com equidade de gênero, raça e etnia.

À medida que se aproxima a data limite para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e em meio ao debate sobre a agenda de desenvolvimento Pós-2015, fica mais evidente que os ODMs só serão alcançados em sua totalidade se as questões de população, saúde reprodutiva e desenvolvimento sustentável forem tratadas com objetividade e seus desafios forem entendidos e superados. Investir na geração de adolescentes e jovens é, nesse contexto, um ponto fundamental para avanços democráticos, realização de direitos e para a consecução do desenvolvimento.

A passagem segura e exitosa da adolescência para a vida adulta é um direito de todas as pessoas, como preconizado no Plano de Ação da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), acordado pelos 179 países participantes em 1994. Esse direito pode ser alcançado apenas se famílias, sociedades e governos fizerem investimentos focados e oferecerem oportunidades para assegurar que adolescentes e jovens desenvolvam progressivamente os conhecimentos, habilidades e resiliência necessários para uma vida saudável, produtiva e satisfatória. Além disso, o desenvolvimento nacional e global, bem como a segurança e a justiça social, só podem ser alcançados se adolescentes e jovens forem incluídos como participantes plenos e ativos de suas sociedades.

O primeiro passo da iniciativa foi a realização do Seminário Internacional “Saúde, Adolescência e Juventude: Promovendo a Equidade e Construindo Habilidades para a Vida”, cujo objetivo foi compartilhar experiências e boas práticas do Brasil e outros 13 países relacionadas à efetivação do direito de adolescentes e jovens ao exercício de sua sexualidade, planejamento de sua vida reprodutiva e prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e aids. A escolha das experiências de países priorizou ações realizadas com jovens e adolescentes em situação de maior vulnerabilidade e foi um esforço no sentido de diferenciar a pauta da proteção da pauta da emancipação no tocante aos direitos sexuais e direitos reprodutivos, considerando as necessidades distintas de jovens e adolescentes.

Confira os documentos e materiais a seguir.


Programação:

capa programacao seminario

Confira a programação completa do seminário


Apresentações:

Português

Español

English


capa boaspraticas

Experiências de países:

Português

Español

English 


O SUS e a Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes e Jovens no Brasil

capa sus

A publicação faz parte das iniciativas conjuntas entre UNFPA, Ministério da Saúde e Secretaria Nacional da Juventude para garantir o exercício do direito à saúde sexual e reprodutiva por parte da população jovem, em uma abaordagem que promove a ampliação do repertório de direitos, as escolhas informadas e autônomas e aprimora a construção de habilidades para a vida. Em três idiomas (português, espanhol e inglês), apresenta o Sistema Único de Saúde – que é a política nacional de saúde em sua interlocução com a saúde de adolescentes e jovens, além de compartilhar experiências exitosas de atenção a esse público, em diferentes locais do país, no que tange ao exercício da sexualidade, planejamento da vida reprodutiva e prevenção das doenças sexualmente transmissíveis". Download

banner zica lateral

teste pequeno

banner programa de pais

banner materiais iniciativas

reducao

unfpabrasil "Essa foi uma experiência muito saudável em que me tornei no homem que sou hoje" https://t.co/4E90iZrwwi https://t.co/lMNUB8mG70
9hreplyretweetfavorite
unfpabrasil Você sabia que 1 em cada 3 mulheres em todo o mundo já sofreu violência física ou sexual? #16diasdeativismohttps://t.co/lh6AMXHWL4
14hreplyretweetfavorite
unfpabrasil O secretário-geral da ONU alertou que a prática da #MGF nega a mulheres e meninas sua dignidade e saúde https://t.co/kbVL6LVbOW
17hreplyretweetfavorite