Newsletter

Cadastre-se e receba nossos boletins informativos



Cooperação Sul-Sul

Tamanho da letra:

Cooperação Sul-Sul é a modalidade de cooperação técnica internacional que se dá entre países em desenvolvimento, que compartilham desafios e experiências semelhantes. Ela difere da tradicional Cooperação Norte-Sul (onde países desenvolvidos do Hemisfério Norte colaboram com países em desenvolvimento do Hemisfério Sul).

A Cooperação Sul-Sul é uma das prioridades da política externa brasileira. Na última década, o Brasil tem investido esforços e recursos em programas voltados para países da América Latina e Caribe, África e Ásia, através da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), ligada ao Ministério das Relações Exteriores. Por essa razão, o Brasil foi o primeiro país a ter Cooperação Sul-Sul como parte integrante do Programa de País do UNFPA acordado com o Governo.

Desde 2002, o UNFPA Brasil desenvolve iniciativas de Cooperação Sul-Sul. Tal Cooperação está baseada nas capacidades de indivíduos e instituições brasileiras e visa maximizar a troca de boas práticas para atender às necessidades de países parceiros.

- O UNFPA Brasil e o Governo Brasileiro financiam conjuntamente as iniciativas Sul-Sul em população.

- A Agência Brasileira de Cooperação/Ministério das Relações Exteriores e o UNFPA articulam necessidades concretas e pareceiros potenciais para atendê-las.

Na área de Cooperação Sul-Sul, o UNFPA apoiou a cooperação entre países no que se refere a análises demográficas, serviços de saúde sexual e reprodutiva amigáveis para jovens, questões de gênero, incluindo atenção às mulheres em situação de violência, e saúde dos homens. Durante o último Programa de País (2007/2011), iniciativas de Cooperação Sul-Sul com o Brasil beneficiaram 15 países da América Latina e Caribe, África e Ásia.

No atual Programa de País, o objetivo em Cooperação Sul-Sul é ampliar a capacidade das instituições nacionais em implementar iniciativas que promovam o Programa de Ação da Conferência Internacional de População e Desenvolvimento por meio dessa modalidade de cooperação, em parceria com o UNFPA. Isso será alcançado através de:

a) Fortalecimento das capacidades nacionais para produzir, analisar e disseminar dados populacionais e indicadores que contribuam para as políticas, planos e programas em nível nacional e internacional;

b) Construção e expansão de parcerias com instituições nacionais para desenvolver habilidades para os esforços de Cooperação Sul-Sul em questões relacionadas com o Plano de Ação da CIPD; e

c) Construção de estratégias e ferramentas para gestão do conhecimento em Cooperação Sul-Sul a fim de garantir a qualidade das iniciativas de cooperação, bem como para identificação e documentação de boas práticas.

banner zica lateral

teste pequeno

banner programa de pais

banner materiais iniciativas

reducao

unfpabrasil Com a chegada do frio, os mosquitos parecem estar sumindo. Isto não significa, entretanto, que o zika vírus também… https://t.co/Ad3rBc4U1y
6hreplyretweetfavorite
unfpabrasil É amanhã! Inscreva-se aqui para garantir a sua participação: https://t.co/qpWMLrAUhF @museudoamanha https://t.co/r3PEcbYM7c
7hreplyretweetfavorite
unfpabrasil INSCRIÇÕES ABERTAS para seminário sobre os desafios na busca por um planeta sustentável: https://t.co/N3oTfzOkWn https://t.co/kuGW1nL1Wm