Newsletter

Cadastre-se e receba nossos boletins informativos



Estratégia

Tamanho da letra:

bulls eyes

Em setembro de 2011, após uma extensa revisão da atuação recente do UNFPA, bem como da evolução do contexto em que o Fundo opera, um novo Plano Estratégico foi elaborado e aprovado pelo seu Conselho Executivo. Ele vai orientar o trabalho do Fundo até 2013.

"Através do novo plano, buscamos ajustar o foco do nosso trabalho durante os próximos dois anos - de 2012 a 2013 - com base em evidências e lições aprendidas", disse o Diretor Executivo do UNFPA, Dr. Babatunde Osotimehin, ao Conselho Executivo. "Esses esforços vão criar um UNFPA mais dinâmico, eficaz e transparente."
O novo plano está centrado no avanço do direito à saúde sexual e reprodutiva, por meio da aceleração do progresso em direção ao ODM5 (Melhorar a Saúde Materna). Será dada prioridade ao avanço de duas metas principais do ODM: reduzir as mortes maternas e promover o acesso universal à saúde reprodutiva, incluindo o planejamento familiar voluntário.

Através deste enfoque mais acentuado, o Fundo busca melhorar a vida das populações menos assistidas, especialmente mulheres, jovens e adolescentes. Estes esforços serão orientados pela experiência do UNFPA no trabalho com dinâmicas populacionais, direitos humanos e igualdade de gênero, de acordo com as necessidades brasileiras e adaptados ao contexto específico do país.
Além da reorientação programática, o UNFPA também intensificou o foco no trabalho de campo, apoiado pela recente reorganização estrutural, que incluiu a criação de cinco escritórios regionais apoiados por seis escritórios sub-regionais. O objetivo é disponibilizar os recursos humanos, técnicos e financeiros mais próximos dos públicos com os quais o UNFPA trabalha.

banner zica lateral

teste pequeno

banner programa de pais

banner materiais iniciativas

reducao

unfpabrasil "Essa foi uma experiência muito saudável em que me tornei no homem que sou hoje" https://t.co/4E90iZrwwi https://t.co/lMNUB8mG70
9hreplyretweetfavorite
unfpabrasil Você sabia que 1 em cada 3 mulheres em todo o mundo já sofreu violência física ou sexual? #16diasdeativismohttps://t.co/lh6AMXHWL4
14hreplyretweetfavorite
unfpabrasil O secretário-geral da ONU alertou que a prática da #MGF nega a mulheres e meninas sua dignidade e saúde https://t.co/kbVL6LVbOW
17hreplyretweetfavorite